Grupo educativo como estratégia para prevenção do câncer do colo do útero: um relato de experiência

  • Franciane Silva Luiz Universidade Federal de Viçosa
  • Beatriz Santana Caçador Universidade Federal de Viçosa
  • Amanda Tamires Drumond Vilas Boas Tavares Universidade Federal de Viçosa
  • Giovane Cupertino de Lelis Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Câncer de colo do útero, Unidade básica de saúde, Educação em saúde.

Resumo

 O câncer do colo uterino (CCU) é relevante causa de morbimortalidade, representando um importante problema de saúde pública. No Brasil, é a terceira causa de óbito por câncer entre as mulheres possuindo altas incidências, com diagnósticos tardios. Sabe-se, entretanto, que grande problema é a adesão das mulheres ao exame, seja por medo ou tabus inscritos na sociedade. Nesta perspectiva, várias estratégias vêm sendo adotadas para aumentar a adesão ao programa de rastreamento do CCU por meio do exame citopatológico do colo do útero, bem como o seguimento das mulheres com exames alterados. Assim, percebe-se a importância dos grupos educativos ao se constituir estratégia de sensibilização sobre a importância de aderir ao exame preventivo. Relatar a experiência de realização de grupo educativo como estratégia de prevenção do câncer de colo de útero. Trata-se de um relato de experiência da realização de um grupo educativo conduzido por 2 alunos e 1 docente em uma unidade básica de saúde do município de Viçosa-MG. O objetivo do grupo foi construir junto à comunidade, conhecimentos acerca dos fatores de risco, prevenção primária e secundária, realização do procedimento, sinais e sintomas e tratamento do CCU. Participaram do grupo 12 e o convite foi realizado pelas ACS as quais participaram da atividade que foi realizada na sala de espera a fim de captar mais pessoas para reflexão. Fez-se exposição dialogada sobre os fatores de risco para aquisição do HPV e sobre câncer de colo uterino. Utilizou-se problematização e explicação passo a passo das etapas do exame, com exposição dos materiais os quais podiam ser manuseados pelos participantes. Percebe-se que grupo educativo intensifica o vínculo entre o indivíduo e o profissional e permite um espaço para se tirar dúvidas seja no âmbito coletivo ou individual e principalmente reforçar a importância em se prevenir o CCU. O grupo educativo revela-se como potente estratégia de promoção da saúde e de prevenção do CCU, sendo importante para construção do conhecimento junto à comunidade, sensibilização e desconstrução de mitos e tabus que fragilizam a tomada de atitude da mulher no sentido de realizar o exame preventivo. 

Publicado
05-01-2017
Como Citar
1.
Luiz F, Caçador B, Tavares AT, de Lelis G. Grupo educativo como estratégia para prevenção do câncer do colo do útero: um relato de experiência. JMPHC [Internet]. 5jan.2017 [citado 9dez.2019];7(1):77-. Available from: http://www.jmphc.com.br/jmphc/article/view/403
Seção
Seminários, Simpósios e Mesas Redondas

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##